domingo, 7 de outubro de 2012

Scans e entrevista de Robert Pattinson na Star Club Magazine

imagebam.com imagebam.com imagebam.com
Star Club: Olá Rob, o que você aprendeu da experiência de filmar Crepúsculo?
Robert Pattinson: Eu aprendi a colocar as coisas na perspectiva, que o circo em torno da vida de um ator é passageira. Você pode ser adorado num dia no outro. Por agora, a mania em torno de Crepúsculo ainda está lá, mas eu não sou ingênuo, poucos meses depois do último filme as pessoas mudarão. A reposição já está aqui. Estou pensando mais sobre os atores de Jogos Vorazes.
SC: No final, você ainda estará feliz por ter feito Edward, certo?
RP: Sim, ele é uma extensão de mim mesmo, como um bom amigo. Ele me ajduou a aprender mais sobre mim mesmo e eu serei eternamente grato. Eu cresci através disso e se amanhã Stephenie Meyer escrever uma sequência de Crepúsculo, eu ficaria feliz em ler. Eu não acho que as pessoas gostariam de mim reprisando o papel. Eu poderia estar muito velho para fazer ele de novo.
SC: Como era a sua vida antes do sucesso?
RP: Eu tive um tempo difícil procurando papéis. É simples, por três anos eu encontrei nada além de pequenas produções que me pagavam quarenta dólares por dia. Apenas entre você e eu, eu estava a segundos de distância de desistir e quando me foi oferecido o papel de Edward e eu não podia acreditar.
SC: Você não se viu em um papel de vampiro?
RP: Eu não tinha escolha, estava falido! Ninguém acreditava em mim exceto Catherine Hardwicke (anotações do diretor: o diretor) que meio que teve de forçar as mãos do produtor um pouco. No final, esse papel me ajudou a melhorar minha vida cotidiana e meu estilo de vida. Por outro lado, eu perdi o que eu mais valorizava: minha liberdade. Alguém me disse que isso é preço do sucesso. Lamento discordar, mas eu sinto que é um preço muito alto a pagar.
SC: Então você viu o fim da filmagem como uma libertação?
RP: É estranho, eu me senti como se estivesse soltando um ‘ufa’ de alívio mas ao mesmo tempo eu fico triste. Por agora, eu sei que sou bem sucedido. Isso irá durar? Eu não tenho a minima idéia, mas se amanhã eu encontrar falhas de filme, eu não vou chorar por isso.
SC: Vamos voltar para seus anos de adolescência. Eu gostaria de saber como você estava no dia antes de começar um novo ano na escola…
RP: Se você está procurando por uma fofoca de um garoto que estava no topo da classe, você não vai ter isso de mim. Eu não era um mal estudante também. Quando eu estava com quinze anos, eu era um garoto disciplinado, que aprendia todas as suas lições e prestava atenção na classe um dia antes de começar a ler. Eu pensei que aprendi mais da vida lendo do que na escola. Eu estou muito grato pelo jeito que eu influenciei indiretamente jovens pessoas a prestar atenção em ler. Na verdade Crepúsculo ajudou uma geração inteira a amar a leitura sobre uma história de amor tão cativante quanto fascinante.
SC: A grande pergunta! Se você se tornar um pai um dia, você preferia ter uma menina ou um menino primeiro?
RP: Eu acho que eu me entenderia melhor com um garoto. Garotas são difíceis de entender. O manual de instruções que vem com elas são de 800 páginas e vem escrito em chinês! E se você sabe como lê-lo, você percebe que ainda está faltando mais 32 capítulos que são essenciais e você tem que improvisar. Quanto a um garoto, é fácil. Esportes, TV, video games, um grande pote de…, um pouco de coca e ele está feliz! (risos)
Via | Tradução

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário