quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Scans: Entrevista de Kristen a Fashion Magazine + Tradução

Na campanha de publicidade para Florabotanica da Balenciaga (de $ 90 dólares em lojas de departamento), Kristen Stewart, o rosto da fragrância floral escura, fica no meio de um campo cheio de plantas aparentemente bonitas, inspirado no mesmo papel de parede vintage de Pierre Frey que influenciou a Coleção Outono/2011 de Nicholas Ghesquiere. Pairando perto de uma indiferente Stewart, está o que parece ser uma planta carnívora, curvando-se para pegar sua cabeça.
“Eu acho ele incrível pra caralho”, diz Stewart de Ghesquiere, diretor de criação da marca e o homem que cortejou a frente da sua mais recente fragrância, talvez com a promessa de que ela não teria que posar em lençóis de cetim – ou sorriso. Apesar de, em estúdio, ela não estaria disposta a cooperar se isso tivesse sido a ordem do dia. “Eu era como, ‘Você quer que eu fique de uma certa maneira para mostrar as curvas do vestido? Você quer que eu o modele?’ Por padrão, você meio que aprende essas coisas ao longo dos anos, mas eles estavam tipo, ‘Não, não, não, apenas coloque as mãos em seus bolsos e fique lá”. 
Sentado em um sofá em uma suíte no Hotel de Paris Le Bristol, a atriz de 22 anos passa as mãos pelo seu emaranhado de fios, virando-os para trás e para frente. É final de junho. Ela fala rápido como Aaron Sorkin, suas frases pontuadas com palavrões parecem tão involuntárias quanto respirar. “Eu sinto muito, eu acho que [jurando] meio que desacredita tudo que você diz”, diz ela em referência a sua ‘chuva’ de *porra* *caralho*, que não serão os últimos.
Assim como seu primeiro roteiro lido com Robert Pattinson, que foi organizado para ver se o casal tinha qualquer química (foi “eletrizante”, disse a diretora Catherine Hardwicke a Vanity Fair), Stewart sentiu uma forte ligação com Ghesquiere logo de cara. Os dois se conheceram em uma sessão de fotos de Bruce Weber quando ela tinha apenas 14 anos de idade. “Às vezes você conhece pessoas e instantaneamente reconhece algo neles, e você explora essa amizade, porque você quer descobrir o que você reconheceu neles no primeiro segundo”. Como Stewart, e o rosto anterior da fragrância Balenciaga Charlotte Gainsbourg (“ela é uma atriz do caralho cara” ), Ghesquiere não joga os jogos esperados em suas respectivas indústrias. “O lado da alma fashion das coisas é tão claramente não dele, e é por isso que eu estou atraída por ele e seu mundo”, diz Stewart.
Os perfumistas Olivier Polge e Jean-Christophe Herault voltaram o cheio para jovens usuários de perfume, digamos, um Twihard – mas em vez de fazê-lo insipidamente doce, eles imaginaram o que um jardim do século 18 de flores venenosas cheiraria. A nota predominante rosa turca (mais ousada do que a variedade Inglesa), reinventado por meio da amplificação de seus aspectos ecológicos e picantes. Stewart oferece uma dica para aplicação do perfume, “Se você o usá-lo casualmente, usei-o na parte da manhã. Use-o quando você não toma banho. Sei que parece nojento, mas essa é a coisa mais sexy do caralho”.
SCANS  
 


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário