quinta-feira, 19 de abril de 2012

Cannes 2012: seleção oficial


Cinco filmes produzidos nos Estados Unidos e quatro realizadores premiados com Palma de Ouro destacam-se na competição.
O Festival de Cannes vai celebrar 65 anos com uma seleção oficial em torno dos novos filmes de vários autores prediletos. A saber: “Amour”, do austríaco Michael Haneke (com Rita Blanco no elenco), “Angels Shares”, do inglês Ken Loach, “On The Road”, do brasileiro Walter Salles, “Cosmopolis”, do canadiano David Cronenberg, “Like Someone in Love”, do iraniano Abbas Kiarostami, “Reality,” do italiano Matteo Garrone, “De Rouille et D’Os”, do francês Jacques Audiard, e “Beyond The Hills”, do romeno Cristian Mungiu.
O cinema destes autores está fortemente ligado à história recente de Cannes e quatro deles – Haneke, Loach, Kiarostami e Mungiu – já ganharam a Palma de Ouro.
No entanto, ao anunciar a seleção oficial, o diretor do festival exclamou: “o cinema norte-americano está de volta”. Thierry Freamaux destacou a seleção de cinco produções norte-americanas na competição: “Moonrise Kingdom”, de Wes Anderson, “Killing Them Softly” do australiano Andrew Dominik, “Mud”, de Jeff Nichols, “Lawless”, de John Hillcoat, e “The Paperboy”, de Lee Daniels (autor revelado em cannes com “Precious”).
Essa presença de talentos made in USA está simbolizada na presença do par popularizado pela série “Twilight – Crepúsculo”: Kirsten Stewart surge no elenco de “On The Road”, o filme de Walter Salles a partir da obra de Jack Kerouac, e Robert Pattinson lidera o elenco de “Cosmopolis”, o filme de David Cronenberg adaptado da obra de Don De Lillo.
A presença portuguesa surge através da Alfama Filmes e da nova produção de Paulo Branco – “Cosmopolis”, de David Cronenberg, será o 11º filme produzido por Paulo Branco a marcar presença na competição oficial (ver artigo recomendado).
O cinema sul coreano marca presença através dos novos filmes de dois autores acarinhados pelo festival: “In Another Country” de Hong Sang-soo e “The Taste of Money” de Im Sang-soo. Na seleção surgem “Paradise: Love”, do austríaco Ulrich Seidl, “Post Tenebras Lux”, do mexicano Carlos Reygadas e “In The Fog” do ucraniano Sergei Loznitsa, confirmando o interesse e a confiança que o festival deposita nestes três jovens cineastas.
A seleção de filmes franceses em competição inclui “Vouz N’avez Encore Rien Vu” de Alain Resnais,”Holly Motors” de Leos Carax, “De Rouille et D’Os”, de Jacques Audiard.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário