Breaking Dawn

Porque Amanhecer é Aqui!!!

Breaking Dawn

Porque Amanhecer é Aqui!!!

This is default featured slide 3 title

Ir para Blogger edit html e encontrar estas frases. Agora substituir essas frases com suas descrições próprio ...

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions..

FanFics

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions..

FanFics

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions..

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

FANFIC Sol e Chuva - Capítulo 26








Capítulo 26



O som da chuva forte batendo nas telhas de amianto, abafava os sons das nossas respirações ofegantes. Jacob se virou um pouco de lado me puxando para que deitasse em seu braço. Eu sentia sua respiração nos meus cabelos, enquanto afundava meu rosto em seu peito. Ele levemente circulava o desenho da minha tatuagem do ombro com dedo indicador.

Eu queria que o mundo parasse. Não me importaria nem um pouco, de viver a eternidade naquele galpão, desde que fosse nos braços dele. Mas então a memória do beijo entre ele e a Bella veio de repente como se fosse proposital, para estragar o nosso momento. Tudo isso não pode ser mentira. Ele disse que me amava. A insegurança vindo com tudo.

Jake notou a minha mudança. Ele se afastou um pouco, só o suficiente para olhar o meu rosto. – O que foi? – ele perguntou. Tinha uma leve ruga de preocupação na testa, mas seu rosto estava tranqüilo. Só que aos poucos, enquanto me observava, sua feições foram mudando, e a preocupação se tornou evidente em seu rosto. – Eu fiz alguma coisa errada, ?

Pelo menos eu não era a única insegura ali. – Você é inseguro, Jake!- disse rindo me aconchegando mais a ele. – Foi tudo maravilhoso! – Jake sorriu fazendo com que o sol brilhasse dentro do escuro galpão. O sorriso que eu tanto amava. – Mas não fique convencido.

- É difícil ficar convencido com você, . Ainda mais depois que eu fiz uma declaração e você não foi capaz nem em dizer um “ok” ou algo parecido. -Jake disse em tom de brincadeira, mas havia um pouco de preocupação em seus olhos.

- Como você é bobo, Jake.- falei rindo.- Você sabe que o que eu sinto. - Será que ele vai me forçar a falar palavra por palavra?

- Sente o que? Eu não sei de nada. – ele disse ainda rindo. Claro que ele vai.

- Você ainda não sabe que eu te amo desde que nasci? – Levantei o olhar do peito dele para encarar seus olhos e ver sua reação. Jacob sorria como antes. Seus dentes brancos contrastando com a pele vermelha. Meu sorriso de sol. Esperei alguns segundos. Ele só me encarava sorrindo, mas ele não disse nada. Baixei os olhos novamente encabulada e rindo da minha ingenuidade. Como fui estúpida criando mil fantasias de que ele pensasse em mim da mesma forma. Infantil demais.

- Acho que o que há entre nós é um Imprinting. – ele disse depois de um tempo em silêncio.

Levei um choque com aquela afirmação. – Jake, mas...

- Pense ! Todas as histórias de Imprinting, que se ouviu falar foram entre pessoas que não se conheciam, mas e entre pessoas que já se gostavam antes?

Será que eu estou ouvindo certo? Eu não conseguia parar de sorrir, Jake acabava de dizer que sentia o mesmo por mim. – Jake, você acha que eu sou seu Imprinting? – perguntei sem conseguir tirar o sorriso idiota da cara.

- Você é perfeita pra mim e eu não consigo ficar longe de você. E olha que eu tentei. Se você não é, é algo muito parecido.

Mas se eu não sou, outra garota pode ser. Novamente outro pensamento destrutivo veio me deixar insegura novamente. Aproveitando que eu tinha reaberto a ferida, decidi esclarecer tudo naquele momento. – Jake, e o Embry?

Ele respirou fundo, a ruga de preocupação voltando a ocupar o espaço entre suas sobrancelhas. – Eu ainda não sei como falar com ele, mas ele vai ter que entender. Porque perder você pra outra pessoa… - ele balançou a cabeça como se pra espantar uma idéia ruim. – É insuportável pensar uma coisa dessas.

- Jake, não existe possibilidade nenhuma de isso acontecer. E o Embry é como se fosse meu irmão também. - Também respirei fundo. Isso realmente iria ser difícil. Mas tinha outro assunto também difícil que eu tinha que falar. Me soltei dos braços de Jake e me sentei, puxando e abraçando minhas pernas para tentar cobrir um pouco do meu corpo. Ele também se levantou, se sentando atrás de mim. Tirou o cabelo que cobria o meu ombro e o beijou, me fazendo estremecer. Mas eu não podia deixar que ele me distraísse, então resolvi soltar de uma vez só. – Jake você beijou a Isabella? – eu já sabia a resposta, mas queria ouvir da boca dele.

Ele enrijeceu atrás de mim. – Sim. Mas não teve importância nenhuma.- respondeu.

- E quando foi? – perguntei tentando manter um tom calmo na conversa. Que tenha sido há muito tempo! Que tenha sido há muito tempo!

- Semana passada! – ele respondeu. Me levantei e peguei minha mochila, tirando um vestido de dentro que eu havia trazido como roupa sobressalente e comecei a vesti-lo. - para de bobagem, que eu já disse que não teve importância nenhuma. Na verdade esse beijo só serviu pra que eu tivesse certeza que era você que eu queria. – ele disse me virando pra ele e passando os braços em volta da minha cintura. Jake já havia vestido a bermuda. – Vem, tira esse vestido, que você fica muito mais linda sem ele. – ele disse quando viu que eu já havia me rendido.

- O quanto você gosta dela? – perguntei antes de me entregar por completo. Mas com medo da resposta que eu iria ouvir. Ele apertou mais os braços pela minha cintura, me trazendo mais pra ele, como se para evitar que eu fugisse.

- Eu não vou te mentir , eu gostei muito da Bella, mas agora eu só sinto uma grande amizade. Só que a Bella é muito frágil e eu prometi que ficaria do lado dela, mas agora é como amigo. - Eu não sei se acredito nisso! Pensei, mas no fundo eu sabia que era somente ciúmes. Me remexi tentando me livrar do abraço apertado dele. – Ela é só minha amiga, eu juro! Não fica bravinha! – ele me segurou com mais força. – Eu não conseguia não me render, muito menos tinha força pra pedir pra que ele escolhesse. Não ainda! Precisava ter mais segurança em Jake, antes de pedir uma coisa dessas.

Jacob me puxou pra ele grudando nossos lábios. Eu nunca iria me cansar disso. Uma carga de adrenalina jorrou na minha corrente sanguínea e senti sua língua tentar separar meus lábios, pedindo para entrar. Obedeci, partindo os lábios, mas sem deixar de perceber suas mãos correndo por minhas costas. Minhas pernas quase amoleceram quando nossas línguas se tocaram. Jake me sustentou, passando um dos braços pelas minhas pernas e me levantou de lado me levando até nossa cama enjembrada.

- Jake, nós temos que ir, já anoiteceu.- eu disse rindo. Se deixasse ia ficar ali a noite toda, mas meu pai não sabia onde eu andava, e a noite eu tinha que fazer ronda. Só que meu medo de sair pela porta e tudo se desmanchasse como em um passe de mágica, era enorme. Como se um sinal de que eu pensei poderia acontecer, meu celular começou a tocar.

- Não atende. – ele sussurrou no meu ouvido, passando a língua pelo meu pescoço. Quase atendi ao seu pedido, mas podia ser meu pai preocupado. Atendi ignorando a bufada de Jacob.

- Alô?

-?

-Sim? – não reconheci a voz do garoto.

- Sou eu, o David.

- Ah!- olhei pro Jake e fui me afastando devagar do seu lado. – Oi David!- Jake esticou a mão pra tentar alcançar o celular, mas eu me afastei mais, o impedindo.

-Só queria saber se esta tudo combinado pra amanhã.

- Amanhã? – Jake enrijeceu, flexionando o maxilar.

- Ah não! Você não vai me dar um bolo! Já chega que eu tive que carregar duas pranchas pela trilha, no meio de uma tempestade!

- Desculpe por isso, David! – disse sem conseguir segurar o riso.

- Eu só te perdôo, se você aceitar um convite pro luau que vai ter na praia hoje.

- Luau hoje? – Jacob deu um pulo ficando em pé bem na minha frente. – Desculpe, mas não vai dar. Eu tenho um compromisso. Mas amanhã está tudo certo.

- Ok então, até amanhã! Mas se mudar de idéia, já sabe onde eu vou estar!

- Até amanhã! – desliguei o celular olhando pra carranca do Jake.

- Você não vai! – ele disse cruzando os braços no peito.

- Não vou mesmo, eu tenho que fazer a ronda na casa dos Swans, hoje.

- Estou dizendo que você não vai nem hoje, nem amanhã.

- Ah vou sim, Jake! Você pode ter suas amigas, eu também posso ter meus amigos.

- Você acha que esse cara quer ser só seu amigo?

- Não me interessa o que ele quer. E eu sou muito mais forte que ele, se ele se fizer de besta é um homem morto.- respondi.

-Não interessa mesmo, porque você não vai.

- Jake se vai começar assim é melhor nem começar! – blefei.

-Então é melhor nem começar! – ele respondeu.

Respirei fundo pra me recuperar do choque e da dor e comecei a recolher os restos de roupas que estavam no chão, sobre o olhar ainda furioso de Jacob. Coloquei tudo na minha mochila e fui embora sem me despedir.



NOVAS FOTOS DE "AMANHECER - PARTE 1" NAS LOJAS TARGET

 

 
 



VÍDEO: NOVA MÚSICA DE MIA MAESTRO "SUR"

FLAGRAS INESQUECÍVEIS DOS MOMENTOS ROBSTEN!

NOVAS FOTOS DA FAMÍLIA PATTINSON NA PREMIERE DE "BEL AMI"!


Novo outtake de Nikki Reed para Seventeen Magazine 2011

Conheça nova casa de Robert Pattinson e KRISTEN STEWART e seus detalhes

Se atente as detalhes do lugar...


É uma casa de 1921 de , rumores dizem que foi comprada por Robert Pattinson por 4 milhões de libras.

Possui piscina aquecida a energia solar, com três grandes quartos e três banheiros, e todo o local é murado, fechado e tem um sistema de segurança state-of-the-art.











Fã mostra autógrafo que conseguiu de Rob na premiere de Bel Ami

A fã que compartilhou seu autógrafo, disse que Robert autografou seu fanart do ator, e ainda escreveu uma dedicação tanto a ela quanto para uma colega. Vocês podem ver abaixo:
 



Billy Burke em seu estudio de gravação

Aawv9off 
 

Happy Birthday Ashley Greene @AshleyMGreene #TwiEclipseBR