Breaking Dawn

Porque Amanhecer é Aqui!!!

Breaking Dawn

Porque Amanhecer é Aqui!!!

This is default featured slide 3 title

Ir para Blogger edit html e encontrar estas frases. Agora substituir essas frases com suas descrições próprio ...

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions..

FanFics

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions..

FanFics

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions..

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Sol e Chuva - Capítulo 19



Capítulo 19


Eu estava no um quarto, tentando não sentir pena de mim mesma. Passando o tempo para a hora de me arrumar para a festa. O vestido pendurado no encosto da cadeira e os sapatos atirados no chão. Mandei um e-mail para minha mãe que queria saber das novidades, contando que não tinha novidade nenhuma. E me joguei na cama me virando de lado, de costas para a janela. O filhote, que agora o meu nada original pai, tinha apelidado de Lobo, estava dormindo, enrolado no tapete no chão.O celular começou a tocar em algum lugar da cama. Levantei as cobertas e as almofadas sacudindo, até que ele caiu no chão com baque. Olhei o visor iluminado com JAKE escrito. Respirei fundo, ainda pensando se deveria atender ou não. Apertei SEND.

- Oi Jake! – tentei parecer o mais natural possível.

- Oi ! Você está em casa?

Deitei na cama bagunçada. – Sim, por quê?

- Porque eu cheguei hoje mais cedo, e o velho me disse que você estava me esperando na garagem, cheguei lá e adivinha? Você não estava!

- Desculpe se eu não pude ficar esperando! Mas eu só queria deixar a minha moto mesmo! – menti.

- Poxa! Assim você me magoa. – ele disse com falsa tristeza na voz que me fez rir. - Sério que você não estava sentindo nenhum pouco da minha falta?

Engoli em seco. Amigos , ele é somente seu amigo! – Você estava ocupado, Jake. Eu não queria atrapalhar.

-Bella fugiu do sanguessuga e veio me ver. – ele começou a falar de repente me fazendo fechar os olhos, esperando pelas palavras que me causariam dor. – Ela só queria saber sobre a perseguição a vampira ruiva. Parece que o parasita não está sendo muito sincero com ela. Foi só isso, nada demais.

Por culpa de quem, que nada demais aconteceu? Perguntei mentalmente. – Não precisa se explicar Jake. – disse querendo terminar com aquele assunto que me machucava tanto.

– Só queria que você soubesse da verdade .

-Ok. E obrigada por oferecer a garagem – falei mudando de assunto. Me virando de lado na cama, pousando minha mão na cabeça do Lobo que me olhava atento, como se percebendo minha tenção.

- Não precisa agradecer, tem muito espaço por aqui.

– Eu vi que tinha uma moto vermelha ao lado da sua, era uma Lander? – puxei um assunto qualquer para mantê-lo falando, já que eu não queria que ele desligasse.

- Aquela não é minha.- ele disse cauteloso de repente. - É da Bella.

Por mais que eu fugisse, essa garota estava impregnada demais na vida dele para que fosse ignorada. – Ok Jake, tenho que me arrumar para festa. – falei por fim. Mudando de idéia sobre o término da conversa.

-Então tá. Se divirta hoje à noite. - ele disse se despedindo.

Aquilo me pegou de surpresa, acabei me levantando e sentando na cama. – Você não vai?

- Não! Vou fazer ronda no lugar de vocês!

- Vou sentir sua falta! – me vi falando antes que pudesse impedir. Mordi o lábio esperando a reação dele do outro lado da linha.

Jacob ficou alguns segundos a mais em silêncio, o que fez minha insegurança aumentar. - Você só está deixando a minha vida mais difícil, .

- Eu deixei sua vida pior Jake? – perguntei surpresa.

- Em parte, sim.- ele me respondeu me deixando mais indignada ainda.

-Ah sim Sr, eu imagino que bela vida você deveria ter aqui. – Mordi a língua para não jogar na cara a paixão platônica, não correspondida dele pela namorada do vampiro. – Se eu te faço tão mal, porque você não me deixa em paz?- falei respirando fundo para segurar a raiva.

- Você fala como se eu não tivesse tentado . Mas você também não ajuda! - ele falou e eu ouvi a sua respiração ruidosa, como se ele estivesse se segurando para não alterar a voz. Eu pelo contrario, cuspia as palavras com raiva.

– Adeus Jake! Eu tenho que me arrumar. E pode deixar que vou tentar não estragar mais a merda da sua vida! – desliguei o telefone, atirando o celular em qualquer lugar do quarto. Argh! Que ódio!

Tomei um banho frio, bem demorado para tentar acalmar a raiva que eu sentia. Sequei meus cabelos até que eles estivessem perfeitamente lisos, fiz uma maquiagem básica, coloquei o vestido, que era cor de pêssego, a parte de cima era justa como um corselet e a parte de baixo rodada, e calcei as sandália. Fiquei me analisando no espelho. Aquela não parecia ser eu. Era eu, mas minhas feições já haviam perdido totalmente as características infantis, me transformei em mulher nesse curto período. Eu nunca tinha parado para analisar como todo o grupo havia amadurecido em pouco tempo. Era uma das conseqüências da transformação.

Mas o que eu estava fazendo mesmo? Minha vontade é de atirar tudo pro alto, e me deitar em minha cama, tentar esquecer que Jacob existia. Comecei a tirar os sapatos. Eu daria qualquer desculpa para o Embry. Afinal eu não seria uma boa companhia hoje. Ouvi o celular tocando embaixo da cômoda. Se fosse Jacob, meu celular sairia voando pela janela. Mas era Chris que chamava. Atendi.

- Alô.

- Já está pronta bee? Queria tanto te ver montada! - ele disse choroso. Revirei os olhos. O Chris parecia mais mona que nunca, quando não tinha que fingir ser machinho.

- Eu já estou pronta, mas acho que não vou! – falei emburrada me jogando na cama.

- Ah não bee! Você vai nem que eu tenha que te carregar pelos seus lindos cabelos!

- Jacob me ligou e a gente acabou discutindo! – falei, fechando os olhos quando as lembranças das palavras de Jake vieram com tudo na minha mente.

- Mais um motivo para você mexer esse traseiro sarado e ir rebolar naquele salão! Esquece o Black, pelo menos essa noite, e se divirta!

- Você está certo!

- Eu sempre estou!

-Eu te amo tanto, Chris. Você foi a melhor coisa que me aconteceu desde que eu cheguei!

-Ui! Sério? Que luxo!

Ri alto. – Pena que você é tão gay Chris, senão eu te pedia em namoro!

-Ra Ra Ra ! – ele riu do outro lado.- E eu ia acabar levando uma surra do Jacob Tudibom Black!

Revirei os olhos. – Você tinha que estragar minha declaração de amor por você, falando no Jake! Tchau Chris que eu tenho que ir! – falei mal humorada novamente.

- Me liga amanhã e me conta tudo!

- Tá bom! Beijos! – e desliguei o celular. Ainda fiquei encarando o aparelho em minhas mãos, rindo do meu amigo gay, quando a campainha tocou no andar de baixo. Embry havia chegado na hora certa. Calcei as sandálias e desci.

- ! O Embry chegou! – John disse em um tom normal, sabendo que eu ouviria de qualquer lugar da casa.

- Já estou aqui! – respondi entrando na sala.

- Você está muito linda mesmo, minha filha! – John me disse me abraçando.

- Obrigada pai! – agradeci retribuindo o abraço. Bom, um já aprovou, agora falta o outro! Pensei me soltando de John e me virando para ver Embry que continuava parado na porta. Sua boca estava levemente aberta.

- Fecha a boca que você está babando Call! – John disse em um tom severo – E você cuide da minha filha, ouviu? – ele disse com o dedo em riste apontando para Embry. Virei os olhos.

- Claro Sr, Raindrop! – Embry respondeu sem desviar os olhos de mim.

John se sentou na poltrona com o jornal nas mãos. Dei dois passos em direção a Embry que continuava parado no mesmo lugar.

- Que foi? – perguntei a ele divertida.

- Você está... – ele me olhou de cima a baixo. - ... maravilhosa! – disse me fazendo corar.

-Hmpf! – ouvimos John bufar na sala.

- Vamos? – Embry perguntou me estendendo a mão.

- Só um momento! – corri para dar um beijo no rosto de John. – Tchau paizinho!

- Divirta-se garota! E não volte tarde!

- Pode deixar! – falei apanhando minha bolsa. – Agora sim, vamos? – Sorri e segurei a mão de Embry, fechando a porta atrás de mim.




Scans de Breaking Dawn em revistas Eslovacas

Bravo (Dezembro)
Kamarát (Dezembro)
Eva Girl! (Janeiro)
Krížovky (Dezembro)
OK! (Eslovaca/Dezembro)
Kamarát (Janeiro)
Kamaráta
fonte

THEFABLIFE: AS 30 MELHORES FOTOS DE KRISTEN E ROBERT EM 2O11


 



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

SCREENCRAPS DOS BTS DE KRISTEN PARA A "ALLURE MAGAZINE" (2009)